Sábado, 28 de Janeiro de 2006

Presidenciais

PRESIDENCIAIS
• Conhecidos os resultados das últimas eleições em que pela primeira vez desde o 25 de Abril um candidato da direita foi eleito Presidente da República, há que fazer uma análise do que motivou tal facto.
• E, em primeiro lugar não podemos deixar de atribuir tal facto às opções da direcção do Partido Socialista. Por razões que a razão desconhece tiveram a possibilidade de apoiar Manuel Alegre- que pelo seu passado, postura política e personalidade tinha condições para congregar apoios muito diversos e eventualmente ser o único candidato de grande parte do centro e de toda a esquerda.
Preferiram apoiar uma personalidade do passado ,que começou por afirmar que se candidatava para evitar um “ passeio na avenida” do candidato da direita, incapaz de perceber que era a última pessoa capaz de impedir esse passeio.
• No decorrer da campanha eleitoral o Governo da direcção do P.S. continuou a ignorar a vontade dos que o haviam eleito para liderar um projecto de esquerda, tomando medidas que foram exactamente contra o seu programa eleitoral provocando a ira de milhões de eleitores que se sentiram enganados.
• Curiosamente( ou talvez não) ,nas vésperas da data da eleição ,quando as sondagens davam Cavaco Silva a descer e a baixar dos perto de 60 por cento para a casa dos 50…51 por cento, e Manuel Alegre a distanciar-se cada vez mais do candidato oficial do P.S., o dito Governo decidiu mais uma medida contra a classe média aumentando brutalmente o preço dos combustíveis.
• É caso para dizer.”.com amigos destes para que são precisos inimigos?”
• No entanto nem tudo foi negativo Foi possível ver que mais dum milhão e cem mil eleitores deram o seu voto a uma lista de cidadãos, num projecto de futuro em que vale a pena acreditar e que certamente irá ter desenvolvimentos.
• Resta ainda acrescentar que muitos eleitores deram o seu voto a Cavaco, acreditando nas suas palavras de que era independente dos partidos.
As palavras de Marques Mendes na noite das eleições “ Há 31 anos que queríamos eleger um presidente da nossa área política”e sobretudo do líder do P.P., Ribeiro e Castro, “ o nosso apoio foi essencial para a eleição e esperamos que Cavaco Silva se lembre do partido”… são sinais claros do que se vai seguir.
N.C.

publicado por nuno1 às 19:25
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Bofetada

. A-pesar de tudo há motivo...

. E porque não?

. No país do oportunismo

. Assim vai o Diário de Not...

. Um exemplo

. É só promessas...

. E assim vai Portugal

. Andam animais à solta

. Perdoai-lhes..que não sab...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds