Segunda-feira, 21 de Novembro de 2005

O pai da crise

Por acaso ainda se lembra da altura em que a Comunidade Europeia mandava um milhão de dólares por dia para Portugal?
Foi algum tempo depois da nossa entrada para a C.E. quando o dinheiro abundava...
E sabe quem era então o primeiro ministro?
CAVACO SILVA
É preciso dizer algo mais?
Ou será bom lembrar que enquanto outros países( por exemplo..a Espanha..) aproveitaram a dádiva..o Governo português de então foi mesmo o "pai da crise" que hoje vivemos.?
publicado por nuno1 às 22:40
link | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 24 de Novembro de 2005 às 10:05
Considero extremamente grave apontar um só culpado e, pior que isso, só o fazer agora, no momento em que ele é candidato à Presidência da República. Dos três candidatos "considerados " principais, não há hipótese de excluir nenhum de culpas. Porque´é bom dizê-lo, a crise tem origem, e só, no malbaratar dos dinheiros públicos. Assim sendo, dois deles, porque estiveram no poder durante grande parte do tempo
decorrido desde o 25 de Abril, são-no, inapelàvelmente. O outro, é culpado pelo silêncio
cumplice ( para não usar outros termos ) perante as medidas que um dos dois acima apontados tomou, as quais contribuiram para o caos e corrupção em que nos encontramos.
NÃO HÁ QUE DESCULPABILIZAR NINGUÉM QUE TENHA TIDO CULPAS. TODOS DEVEM RESPONDER PELOS SEUS ACTOS. A.R.
</a>
(mailto:antoniorego@oniduo.pt)


Comentar post